set 03 2015

ANÁLISE: INCOMPETÊNCIA DA DIRETORIA, ERROS DA ARBITRAGEM OU FALTA DE GOLS?

Atlético

O juiz erra na maioria das vezes a favor do Corinthians? Sim.

Os árbitros vêm tendo marcações tendenciosas nos jogos do Galo? Sim.

O presidente que está falando muito e desmanchou parte do elenco, fez a reposição necessária? Não.

O Galo não tem reservas para o Douglas Santos, Lucas Pratto e um bom quarto zagueiro. Perdeu Jô, Maicosuel, Guilherme e no inicio do ano Tardelli. O atacante Thiago Ribeiro fez um gol importante no mineiro e só. Sherman Cárdenas até hoje não mostrou um bom futebol.

Um time campeão se faz quando se tem um elenco forte…

Sabe quem são os reservas do Galo que podem mudar a história de uma partida? Dodô, Cárdenas, Carlos César, Eduardo e outras figurinhas. Assim fica difícil colocar a derrota apenas na conta do juiz

Vale ressaltar, o Cruzeiro foi campeão Brasileiro por três vezes jogando contra os adversários e os erros de arbitragem. O diferencial da equipe era o elenco e o número de gols que os jogadores fizeram em cada conquista.

Então, a culpa das derrotas do time Alvinegro é do juiz ou do presidente Daniel Nepomuceno ou de Levir Culpi que disse que não precisava contratar ou do diretor Eduardo Maluf?

Se a bola não entrar no gol também, nenhum dos times vence a partida e o jogo termina empatado em 0 a 0.

Então, treinador e jogadores do Atlético, querem realmente o título?

Para cada erro do juiz, façam dois gols. No final a incompetência da diretoria e os erros de arbitragem serão esquecidos e o Galo poderá levantar o caneco do Brasileiro 2015 no final da competição.

Link permanente para este artigo: http://juninhojornalismo.com/futebol/incompetencia-da-diretoria-erros-da-arbitragem-ou-falta-de-gols/