CRÍTICA DO FILME – TROPA DE ELITE 2

O filme “Tropa de Elite 2” (O inimigo agora é outro) retrata um dos maiores problemas que temos no nosso país, que é a corrupção do nosso sistema político.

O diretor José Padilha não teve medo de aproximar o filme da realidade em que vivemos. Possivelmente essa foi uma das maiores produções do nosso cinema.

Mais uma vez, Wagner Moura mostrou a sua qualidade como ator, no papel do Coronel Nascimento, que passa por muitos desafios nesse filme.

Se o filme tivesse sido lançado antes das eleições, muitos dos candidatos, talvez não teriam as mesma possibilidades de se eleger. Temos muitos políticos honestos, só que os corruptos sujam o nome de todos que tem um trabalho sério   

O diretor diz que, não a nenhum fato real na história, apenas ficção, mas sabemos o que acontece em nossas cidades. Essa é à hora de dar um basta em tanta corrupção, e nos políticos que promete uma coisa e depois não cumpre.        

Convido a todos, a verem o filme Tropa de Elite 2 (O inimigo agora é outro). Vamos dizer não a Pirataria, vamos prestigiar as pessoas que fazem grandes trabalhos culturais. E que nas próximas eleições, os eleitores possam ter consciência em quem estarão votando.

Link permanente para este artigo: http://juninhojornalismo.com/cultura/critica-do-filme-tropa-de-elite-2/